jusbrasil.com.br
5 de Março de 2021
    Adicione tópicos

    Abdul Fares | Bad Bots Atacam Comércio Eletrônico

    Efeitos Negativos de Bots Ruins no Comércio Eletrônico de Varejo

    Abdul Fares, Gerente Financeiro
    Publicado por Abdul Fares
    ano passado

    Vendas no final do ano, sexta-feira negra, Cyber ​​Monday, descontos e outros nomes genéricos usados ​​para atrair compradores e gerar mais vendas. São as épocas de pico para as empresas e um momento emocionante para os compradores obterem todos os brindes que os sites de comércio eletrônico oferecem, diz Abdul Fares. As empresas, sem dúvida, não estão apenas fazendo uma presença on-line impactante, mas também estão investindo em diferentes técnicas de marketing para permanecer no jogo. Os clientes não são deixados para trás. Todo mundo se esforçando para vencer o tráfego e tirar proveito das vendas. Quem não ama muito? No entanto, você sabe que os humanos não são os únicos a gerar tráfego em seus sites? Bem, diga olá para bots ... ou bots maliciosos.

    Aqui está Abdul Fares, o cérebro por trás de um negócio respeitável de comércio eletrônico, os desafios dos bots automáticos ou ruins e o que eles fazem com seus negócios.

    Bots Maliciosos ou Bots Ruins

    Bem, nem todos os bots são maliciosos e existem bons. Robôs da Internet ou simplesmente bots destinam-se a executar uma tarefa mundana, simples e repetitiva, diz Abdul Fares. São aranhas da web que ajudam os consumidores a encontrar o produto facilmente, transmitem mensagens instantâneas e executam muitas outras funções e, no entanto, muitos desses bots também são os culpados que impedem as empresas de fazer vendas conforme necessário.

    Bots ruins são sofisticados e imitam comportamentos humanos reais para interromper o funcionamento perfeito dos sites e, assim, reduzir as vendas.

    Como eles operaram? Eles se disfarçam de compradores reais, adicionam itens modernos ou limitados ao carrinho, tornando-o indisponível para aqueles que realmente o compram. Uma pesquisa aprofundada sobre o pico de vendas deste ano mostra que apenas um terço dos compradores são genuínos. Então quem são os outros? Você acha certo, Bad bots. Além disso, alguns têm como objetivo redirecionar os compradores para o site de um concorrente. Não só isso, há mais ...

    Quais são os efeitos dos bots ruins no comércio eletrônico de varejo?

    Aqui estão os estragos que os bots ruins podem causar nos seus negócios de comércio eletrônico –

    1. Roube os dados de preços

    Uma das principais fontes de bots ruins são os concorrentes que descartam informações e preços dos produtos nos sites. O objetivo é ter uma vantagem competitiva e vender mais para o público-alvo.

    2. Aquisição de conta

    Os hackers executam roubo de identidade, obtêm acesso à conta de um usuário, praticam práticas fraudulentas e transações ou compras autorizadas.

    3. Raspar preços e informações sobre produtos

    Outra atividade maliciosa dos concorrentes é obter informações sobre preço e produto, a fim de reduzir o estoque e os preços. Bots ruins aparecem como compradores reais, adicionam produtos aos carrinhos, os tornam indisponíveis e desaparecem sem fazer check-out. Isso pode reduzir as vendas, as taxas de conversão e a experiência geral do cliente.

    Além disso, os revendedores também podem descartar as informações do produto em itens limitados para fazer compras rápidas em sua própria loja.

    Consulte Mais informação- https://administradores.com.br/artigos/impacto-dos-bots-ruins-no-com%C3%A9rcio-eletr%C3%B4nico-de-varejo

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)